Sobre o Autor

Marcos Garcia

Marcos Garcia

Marcos Garcia

Sou formado em Engenharia Elétrica com Mestrado em Telecomunicações pela Unicamp.

O meu grande hobby no momento é aprender idiomas. É algo que me empolga e me traz muita satisfação.

Eu sempre achei super maneiro quando eu via em filmes pessoas que conseguiam falar vários idiomas (principalmente, em filmes de espiões) e gostava de ver como isto sempre era visto como habilidade de pessoas muito inteligentes.

Um sonho que eu tenho é de viajar pelo mundo conhecendo culturas e praticando os idiomas que eu tenha aprendido.

Sou brasileiro e o primeiro idioma estrangeiro que aprendi foi o inglês entre os meus 4 e 5 anos de idades. Isso foi possível por eu ter me mudado para os Estados Unidos com os meus pais que foram fazer Doutorado por lá. Voltei ao Brasil com 9 anos e nunca mais saí do país.

Por muito tempo me mantive bilíngue. Aos meus 21 anos tentei aprender alemão, mas não tive muito sucesso. Com 28 anos comecei a estudar espanhol e, segundo uma colombiana que conversei pelo Skype, consegui uma boa fluência após 8 mêses de dedicação.

No momento (com 31 anos) estou no meio dos meus estudos de francês.

Eu ainda pretendo aprender alemão, chinês e o que surgir pelo caminho…

 

8 Responses to Sobre o Autor

  1. Olá Marcos Garcia.
    Faço este contato para tirar uma dúvida quanto ao método Pimsleur do qual você narra sua experiência.
    Tal método é indicado para quem já tem um inglês intermediário? Acompanhei a primeira aula (gratuita) é achei muito elementar. Este mesmo método tem fases mais avançadas? Além deste método em questão você indicaria outro? Grato pela atenção e obrigado por dividir suas experiências.

  2. Marcos,
    Show de bola! Muito obrigado pelo esclarecimento e pelas ótimas dicas.Abraço.

  3. Oi Marcos, já tentou o método Michel Thomas? Caso não, recomendo este método, principalmente quando fores aprender a língua alemã, eu fi-lo e tive ótimos resultados.

    • Oi Jemand,

      Eu nunca usei este método, pois eu ouvi falar que é o próprio Michel Thomas que dá todas as aulas e que ele tem muito sotaque. Eu prefiro materiais que usam falantes nativos para saber qual é a melhor pronuncia, como Pimsleur e Assimil.

      Alemão é o próximo idioma que eu pretendo aprender e, se eu não me engano, é o idioma nativo de Michel Thomas. Então, vou seguir a sua recomendação e experimentar o método.

      Abraço e obrigado pela dica!

  4. Olá Marcos, parabéns e obrigado pela dedicação em formular explicações tão complexas sobre os métodos de aprendizagem.
    Tenho algumas dúvidas, o método Pimsleur portugues-inglês só existe o módulo 1? Caso queira os outros dois precisaria ser em espanhol?
    Gostaria de seu e-mail por favor
    Muito obrigado