Home » Dicas, Métodos, Motivação » Passo a passo para Criar um Hábito de Estudo

Passo a passo para Criar um Hábito de Estudo

construindo hábito

 

Nós somos o que fazemos repetidamente. A excelência, portanto, não é um ato, mas um hábito.

~Aristóteles

 

As palavras de Aristóteles procuram nos mostrar que o sucesso não vem da noite para o dia. Pelo contrário, é necessário disciplina para sair de onde você está para onde quer chegar, e a melhor forma de se manter disciplinado é transformar os seus atos em hábitos.

Neste blog, já escrevi vários artigos com dicas de técnicas de estudos de idiomas e materiais, mas se você não os colocar em prática frequentemente, não valerão de nada. No artigo passado, Bons hábitos geram sucesso nos idiomas, falei sobre a importância de ter bons hábitos de estudos e dei algumas sugestões de hábitos que recomendo.

A seguir, vou apresentar os 5 passos necessários para criar um hábito de estudo. Assim, o seu sucesso em aprender línguas acontecerá rapidamente, pois virá na forma de uma série de ações que se repetem diariamente.

 

1º) Escolha um hábito a ser criado

atividade do hábito

Escolha uma tarefa bem simples que você queira que vire um hábito. É importante que seja algo bem fácil de fazer, como aprender 3 palavras novas ou somente uma sessão de Duolingo

Eu sei que é pouco e que você consegue fazer bem melhor. Porém, o que você está buscando inicialmente é criar o hábito e não focar na quantidade. Depois do hábito criado, você pode pensar eu torná-lo mais desafiador.

 

2º) Estabeleça um gatilho

gatilho

O gatilho mais simples para fazer é determinar um horário para praticar sua nova rotina e colocar um alarme no celular ou um lembrete em algum app que faça agendamento. Deve ser um horário em que você tenha certeza de que todos os dias estará disponível para realizar a sua tarefa.

Outra forma é aproveitar alguma atividade que você já faça diariamente e usá-la como gatilho. As opções são inúmeras, como: tomar café, vestir-se, verificar o celular, chegar no trabalho, ligar o computador, fazer as refeições, tomar banho, ligar a TV, etc. O meu gatilho favorito é acordar, então tenho uma sequência de várias atividades que faço cedo na manhã, logo após sair da cama.

 

3º) Escolha uma recompensa

recompensa

Quais são as coisas que você gosta de fazer diariamente? Escolha uma delas para ser sua recompensa, a qual só poderá ser feita após completar a sua rotina.

Por exemplo: se você gosta de café logo pela manhã, nunca tome sequer uma xícara antes de aprender 3 palavras novas; se curte passar tempo nas redes sociais, só se permita fazê-lo após uma sessão de Duolingo.

Quanto mais desejável e prazerosa for a recompensa, melhor. Pois, após gatilho, maior será a força que puxará você através da rotina para chegar até a recompensa.

 

4º) Crie o compromisso

compromisso

Após ter estabelecido o gatilho, rotina e recompensa, comprometa-se de seguir a sequência e criar o hábito.

Faça o seguinte compromisso consigo mesmo:

Após [GATILHO], devo fazer [ROTINA] e poderei receber [RECOMPENSA].

Exemplos:

  • Após eu acordar, devo aprender 3 palavras novas de inglês e poderei tomar um café.
  • Após eu ligar o computador, devo fazer uma sessão do Duolingo e poderei visitar minhas redes sociais por 15 min.
  • Após tocar o alarme às 22 h, devo ler um livro em francês por 5 min e poderei dormir.

Escreva no papel para fortalecer o compromisso e para poder lembrar claramente qual é o hábito que você quer criar.

 

5º) Repetir até virar hábito

repetir

Agora é só repetir a sequência estabelecida diariamente até virar um hábito. No começo bem difícil, mas ficando mais fácil aos poucos. Tente nunca pular um dia, pois quanto mais consistente você for, mais forte será o hábito.

A repetição pode ser o fator mais importante de todos. Pois conseguindo repetir a rotina com consistência, mesmo que você tenha um gatilho ou recompensa fraca, o hábito será criado. Na verdade, esses dois elementos têm a função de facilitar a repetição.

 

Quanto tempo leva para o hábito ser formado?

Para incorporar qualquer hábito é necessário um período de adaptação que varia de pessoa para pessoa e de hábito para hábito. Em geral, convencionou-se que leva aproximadamente 30 dias.

Hal Elrod, em seu livro “The Miracle Morning”, procura convencer os seus leitores a criarem o hábito de acordar uma hora mais cedo que o costume para fazer uma série de rotinas que melhoram a vida em vários aspectos. Ele explica que o processo de fixação de um hábito pode ser dividido em 3 fases: Desagradável, Suportável e Invencível.

 

Fase 01: Desagradável (do 1º ao 10º dia)

insuportavel

Pelo nome, fica claro que esta é a fase mais difícil de todas, pois é quando você precisa de um esforço tremendo para iniciar a rotina. Estará lutando contra hábitos já existentes, muitos deles entranhados há muitos anos.

Você pensará muitas vezes em desistir e terá que lutar para continuar comprometido. Lembre-se que essa sensação ruim do início logo irá sumir. Então, fique firme para poder obter resultados que jamais imaginou.

Felizmente, é comum estarmos empolgados no início do processo de criação do hábito, pois estamos motivados ao pensar nos resultados que podemos obter. Então, é um momento que temos bastante força de vontade para gastar.

 

Fase 02: Suportável (do 11º ao 20º dia)

desagradavel

Nesta fase, sua mente começa a se acostumar com a rotina. Já dá para notar que se torna um pouco mais fácil, mas ainda não é um hábito. Ainda há trabalho a ser feito para que a atividade se torne uma parte de você.

Por ter chegado até aqui, você ficará tentado a se recompensar fazendo uma pausa, especialmente em fins de semana. Você se arriscaria de ter que passar por essas duas fases de novo? Não iria querer, confie em mim. Então, continue em frente!

 

Fase 03: Invencível (do 21º ao 30º dia)

invencivel

Meus parabéns!

Já pode se sentir invencível, pois nada mais consegue segurar você! A sua nova atividade já virou um hábito e já faz parte de quem você é.

Contudo, alerto mais uma vez: Nada de pausas! Mesmo já acostumado com sua nova rotina, estes próximos 10 dias são muito importantes para fixar o hábito em sua mente e em sua vida.

Contrariando o livro já citado, tenho a opinião que esta fase dura mais que somente 10 dias. Na verdade, esta fase nunca acaba de fato, pois quanto mais você continuar praticando o hábito, mais forte ele ficará.

 

Concluindo

Após criar o seu primeiro hábito de estudos, você notará que virou uma pessoa muito mais comprometida com seu objetivo. Talvez fosse essa falta de atitude que impedia você de ter sucesso antes. Ao conseguir estudar diariamente, você verá grandes progressos em seu idioma.

Agora você tem o poder de criar vários hábitos que podem ajudar a acelerar mais ainda a sua aprendizagem de línguas. Com certeza você vai querer criar vários, mas não tente fazer todos de uma vez, pois será sacrificante demais. Comprometa-se em criar somente 1 hábito de cada vez. Como são 30 dias para criar cada um, em um ano você terá 12 hábitos novos.

Imagine você com um arsenal de 12 hábitos prontos para lhe fazerem aprender idiomas sem precisar se esforçar para isso. Uma coisa que era tão difícil e sacrificante passou a ser algo fácil e natural. Posso até chegar ao ponto de dizer: Aprender uma língua será algo inevitável!

 

Você gostou deste artigo? Deixe um comentário. Fale-me sobre o que mais gostou, se surgiu alguma dúvida, ou deixe uma dica que possa ajudar ainda mais. Compartilhe o artigo usando os botões das redes sociais disponíveis, para que seja útil para os seus amigos.

2 Responses to Passo a passo para Criar um Hábito de Estudo

  1. Tânia Maria Vasques

    Marcos, bom dia.

    É sempre bom receber um novo artigo. Faz com que me sinta parte de um todo que tem suas dificuldades, mas não desiste.
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*