Home » Dicas » Por que estudar diariamente?

Por que estudar diariamente?

Um amigo uma vez me disse que estudou inglês por 5 anos e, mesmo assim, entendia muito pouco. Isso é realmente espantoso. Não é à toa que o estudo de línguas é visto como algo difícil e demorado. Porém, com mais um pouco de conversa, descubro um grande problema em seus estudos.

 

Estudar Diariamente

 

Nesse grande período, somente poucas horas na semana eram dedicados ao inglês. Em geral, tinha 2 aulas por semana e completava o dever de casa pouco antes da aula. Era normal passar 1, 2 ou até 3 dias sem estudar; sem falar que ele deixava o idioma de lado durante todas as férias. Com esta falta de compromisso, é claro que ele não estava conseguindo obter os resultados desejados.

Você quer aprender um novo idioma para valer, mas está passando pelos mesmos problemas?

Lamento informar, mas você tem que começar a estudar diariamente.

Aqui neste artigo vou explicar porque estudar de forma eventual é desaconselhável, quais as vantagens do estudo diário e porque não é tão difícil como parece.

 

Problema de estudar de forma eventual

Eu sei muito bem que, quando fazemos curso de idiomas (ou qualquer outra matéria), é comum deixarmos tudo para cima da hora. Por exemplo, fazer o dever de casa poucas horas antes da entrega (às vezes eu fazia o dever de alemão no ônibus a caminho do curso); ou revisar intensamente na véspera da prova. Esta estratégia pode até funcionar para tirar boas notas, mas é um total desastre para fixar as informações na memória no longo prazo. Acontece que a matéria provavelmente será esquecida em poucos dias e todo tempo dedicado estudando será perdido.

Temos que lembrar que estudamos um idioma, não por causa de notas, mas sim para usá-lo para o resto de nossas vidas. Aprender uma nova língua é uma conquista muito valorosa e não se deve correr o risco de perdê-la.

 

Problema de estudar por horas seguidas

Na maioria das vezes, resolvemos estudar intensamente por várias horas quando estamos sujeitos a alguma pressão, pode ser uma prova ou prazo de entrega de algum trabalho (voltando aos exemplos anteriores). Ou seja, temos que estar fortemente motivados para isso. Não dá para estudar todos os dias neste mesmo ritmo, pois é cansativo e exige muita força de vontade. Como muitas coisas não vida que dependem de constante força de vontade – parar de fumar, dieta, academia, etc. –, a probabilidade de desistência é grande.

Outro problema, estudar por horas seguidas é pouco eficiente. Ao passar do tempo fica cada vez mais difícil manter a concentração e parece até que o cérebro passa a se recusar a absorver mais informações.

 

Como estudar diariamente

Na área de esporte, os atletas sérios sabem que, para serem bons, é preciso a prática diária. Isso vale para qualquer habilidade que se quer dominar. Por exemplo, tirei licença para dirigir logo que fiz 18 anos, mas como minha família não tinha carro na época, era muito raro eu sentar atrás de um volante. Quando surgia a oportunidade de dirigir, eu sempre dirigia muito mal. Isso só foi mudar quando passei a ter meu próprio carro e tinha que dirigir todos os dias na ida e volta do trabalho. Rapidamente fiquei confiante e passei a dirigir bem melhor. Como diz o ditado: “A prática leva à perfeição”

Todos os dias nós somos bombardeados por uma quantidade imensa de informações e é impossível memorizarmos tudo que vemos. O problema é que o nosso cérebro tem dificuldade para selecionar o que é importante para ser, ou não, retido na memória. Aí que mora a dificuldade para aprender uma nova língua. Uma das vantagens do estudo diário é que o nosso cérebro passa a perceber que isso é algo importante para ser aprendido e guardado na memória.

Tem uma outra vantagem que passei a perceber em meus estudos de faculdade. Aconteceu muitas vezes de eu encontrar algum conceito ou cálculo muito complexo que não conseguia entender, mesmo me dedicando por horas. Até que eu desistia. Mas como um passe de mágica, no dia seguinte, ao retomar os estudos, tudo ficava mais claro e o assunto passava a ser mais compreensível. O cérebro precisa de um tempo para “digerir” o assunto, sedimentar as informações na memória e o momento em que isso mais acontece é durante o sono.

É claro que transformar os estudos em um hábito diário pode ser difícil, pelo menos no início. Entretanto, após algum tempo, fica bem mais fácil. Não acredita? Então pense em qualquer hábito que você tem – escovar os dentes, por exemplo. Quando você era menor, precisava que seus pais mandassem você fazer a escovação. Agora que já virou um hábito, você simplesmente escova sem precisar de força de vontade ou motivação; na verdade até se sente mal quando não escova. E é por isso que quero que você crie o hábito de estudar todos os dias, só assim você conseguirá estudar constantemente, mesmo quando cansado e sem motivação. Falando em motivação, todos os dias você notará progressos que serão como pequenas vitórias que lhe ajudarão a manter-se empolgado e motivado.

Lembra que falei que não se deve passar horas estudando? Você verá que, ao invés de estudar por 3 horas seguidas, uma única vez na semana, é muito melhor dividir esse tempo de estudos ao longo dos dias. Então você deve estar se perguntando qual seria o tempo ideal. Bom, não existe uma regra fechada para isso, pois esse tempo pode variar de pessoa para pessoa. Mas pelo que tenho lido em vários lugares, e por experiência própria, o aconselhável é uma sessão de estudos seja de 15 a 30 minutos. Após 30 minutos o cérebro começa a perder foco e a aprendizagem é prejudicada. Caso você tenha disponibilidade e queira estudar por mais tempo, não tem problema. Você pode intercalar sessões de 30 minutos de estudo, com outra atividade que distraia o cérebro – fazer um lanche, lavar louça, caminhar, meditar, bater um papo, brincar com o filho, etc. Assim, a concentração é revigorada.

 

O que é possível fazer em 30 minutos?

São infinitas as possibilidades do que dá para fazer em 30 minutos de estudos. A seguir apresento algumas de minhas atividades que costumam durar este tempo.

  • Pelo menos 3 sessões de estudos no Duolingo.

O Duolingo é uma plataforma de aprendizagem de línguas on-line que possui uma grande comunidade de usuários e tem formato de jogo. É muito bom para aprender novas palavras e melhorar a gramática. E o melhor de tudo, é totalmente grátis!

  • Uma aula do Pimsleur

O Pimsleur é um método de estudo de idiomas que altamente recomendado. O método é dividido em módulos que possuem 30 áudios de aproximadamente 30 minutos cada. Deve ser estudado um áudio por dia.

  • Aprender 10 palavras por dia com o Anki ou Memrise

Anki e Memrise são plataformas que aplicam a técnica de revisões espaçadas, muito utilizado para fixar novas palavras estrangeiras na memória.

  • Revisar um capítulo do Assimil

Em outro artigo, já falei que sou um grande fã do método Assimil. Nos livros do Assimil, os capítulos apresentam textos com dificuldades cada vez maiores e é esperado que você aprenda o vocabulário e a gramática por assimilação.

 

Concluindo

Acho que essa é uma das dicas mais importantes que posso dar. Apesar das vantagens serem quase óbvias, são poucas pessoas que se comprometem a estudar todos os dias.

O estudo de idiomas é uma longa jornada até a fluência. Não deve ser encarado como uma corrida de 100 metros rasos, pois está mais para uma maratona. Para conseguir estudar todos os dias, precisamos transformar os estudos em um hábito tão natural como escovar os dentes.

Imagine se você se comprometer a dar um pequeno passo de aprender 10 palavras novas por dia, em um ano você terá aprendido 3650 palavras ao todo.

Então, a partir de hoje, Estude diariamente! Foque em hoje ser um pouquinho melhor do que ontem, e amanhã mais um pouquinho. Em pouco tempo você chegará muito longe.

E, para finalizar, eu adoraria saber a sua opinião sobre este artigo. Deixe um comentário abaixo sobre o que você mais gostou, ou sobre alguma dica extra que você deseja compartilhar.

15 Responses to Por que estudar diariamente?

  1. Excelentes as informações desse artigo!

  2. Meu muito obrigado é pouco pelo muito que aprendi com este e-mail.Foi uma incentivo valioso no momento certo que Eu estava precisando de uma orientação para meus estudos.Desejo tudo de bom para a equipe Aprender Linguas.

  3. Esse foi mais um incentivo para uma das metas a que me propus a cumprir na virada do ano e que até agora só consegui cumprir com a academia. Pelo que aprendi com vc, acho inclusive que os 30 minutos de esteira que faço 5 vezes por semana dá pra aproveitar e aprender um pouco mais a cada dia. Ao menos como complemento. Obrigado por sua disposição em ajudar. Abraço.

  4. Bem legal.

  5. Olá! Pderia me ajudar? Preciso de dicas: como me preparar para o Delf A1. Pretendo estudar em casa.

  6. Muito obrigada, muito obrigada e mais muito obrigada!

  7. Gostei muito desse artigo! parabens. Adorei tudo…!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*