Home » Métodos » Pimsleur – Ideal para Começar a Estudar um Idioma

Pimsleur – Ideal para Começar a Estudar um Idioma

Método Pimsleur

Criado nos anos 60 pelo Dr. Paul Pimsleur, o Método Pimsleur é, ainda hoje, um dos métodos de aquisição de idiomas mais conhecidos e utilizados pelo mundo afora. Um dos usuários mais ilustres são o FBI e a Agência de Segurança Nacional americana.

Neste artigo, dedico a exposição do método, que é meu favorito no que diz respeito a iniciação de um novo idioma.

 

Dr. Paul Pimsleur (1928-1976)

Dr. Paul Pimsleur

O Dr. Paul Pimsleur, criador do método, foi um dos mais importantes especialistas de linguística aplicada. Nascido na cidade de Nova York (EUA), obteve mestrado em Estatísticas Psicológicas na Universidade de Columbia e Ph.D na França. Foi professor de francês e de educação de línguas estrangeiras na Universidade da Califórnia (UCLA), Universidade Estadual de Ohio (OSU) e Universidade Estadual de Nova York na Albânia (SUNY). Foi membro fundador do Conselho de Ensino de Línguas Estrangeiras (ACTFL).

O foco de sua pesquisa foi em compreender como as crianças conseguem aprender o seu primeiro idioma, sem ter que entender sua estrutura formal. Ele desenvolveu uma forma de organizar os elementos de uma língua estrangeira, incorporá-los a várias frases cada vez mais elaboradas, de modo a favorecer a aquisição do novo idioma na consciência de um indivíduo adulto. Esta pesquisa culminou na elabaração do Método Pimsleur, também conhecido como Sistema Pimsleur de Aprendizagem de Línguas.

Após sua morte, o seu trabalho foi continuado por seu colega Charles Heinle até ser vendido para o grupo Simon & Schuster.

 

Como Funciona?

Pimsleur

O curso Pimsleur é divido em módulos, cada um com 30 aulas em áudios de um pouco menos de 30 minutos. O recomendado é que se faça uma aula por dia todos os dias. Existe um pequeno material de leitura que é quase nada, na prática só se usa o áudio.

No início de cada aula, você ouvirá uma conversa de 1 minuto ou mais entre duas pessoas nativas na língua alvo. Depois, um locutor dará uma breve explicação do que foi falado e, aos poucos, amplia o  vocabulário. Até terminar a aula, é proposto como exercício que você construa várias sentenças na língua alvo pelo uso do vocabulário já aprendido.  Sempre dentro de um contexto de uma conversa do dia-a-dia.

Não se preocupe em ficar decorando o vocabulário, pois tudo será relembrado no meio das aulas. Os vocabulários reaparecem em intervalos que aumentam progressivamente. A ideia é relembrá-los no momento em que você está quase para esquecer. O calculo do intervá-lo foi engenhosamente elaborado com o uso do método SRS (Spaced Repetition System), que consiste é uma técnica de memorização em que se revisa o conteúdo estudado em intervalos progressivos.

Por exemplo, imagine que você aprendeu a palavra “leite” em inglês (milk). Após ter ouvido pela primeira vez, você deve ser relembrado em 30 seg., depois em 1 min., depois em 4 min., 9 min., 20 min., 1 hora, 5 horas, 1 dia, 3 dias, 7 dias, 15 dias, 1 mês, 2 meses, etc. E assim, nunca mais se esquecerá.

Portanto, é muito importante  manter uma rotina diária para que os intervalos estabelecidos sejam respeitados, e não correr o risco de esquecer algo por não ter sido relembrado a tempo.

Engraçado que quando introduzido a uma nova palavra ou construção gramatical, as vezes vocês tem dificuldade de lembrar e usá-las, mas após algum tempo estará usando-as sem ter que pensar muito. Elas sairão naturalmente.

Outro detalhe importante, é que o locutor sempre lhe dá um pequeno tempo para você tentar dizer a frase solicitada. Logo após esse tempo, você ouvirá a resposta que você deveria ter dito, para que assim você compare se falou corretamente e se a pronúncia estava boa. Isto força você a desenvolver uma resposta rápida na sua nova língua, rápida o bastante para que você não demore muito para dar uma resposta no meio de uma conversa.

É recomendado que você passe para a próxima lição somente quando conseguir acertar pelo menos 80% das frases. Note que o curso tem que ser feito de forma ativa. Se você quer somente ouvir passivamente e torcer para que tudo fique na memória, é melhor desistir, pois assim não vai funcionar.

Para quem fala português, existe somente o primeiro módulo do curso de inglês que é o básico da língua. É o suficiente para  aprender a cumprimentar, apresentar-se, pedir informações na rua, trocar dinheiro, lidar com assuntos básicos de viagem, ou seja, o básico de sobrevivência. Tudo isso em apenas um mês de estudos.

AVISO IMPORTANTE: Existe um curso muito vendido por aí chamado de “Pimsleur: Rápido & Simples – Inglês”, ele consta SOMENTE as primeiras 8 lições das 30 do módulo 1.

Já para quem fala inglês, existem cursos para quase 50 idiomas. Os principais idiomas possuem 3 módulos, que no final vai permitir conhecer as principais estruturas da língua, saber expressar-se tanto formalmente quanto informalmente, terá um vocabulário de aproximadamente 500 palavras e, por fim,  manejar a língua com relativa segurança.

Alguns idiomas tem um quarto curso chamado de “Plus”, que consiste em 10 aulas voltados para a área de editoração. Já usei e não recomendo.

Recentemente, para os idiomas espanhol, francês e italiano, foram criados os quartos módulos de 30 aulas que prometem aumentar o vocabulário de uma forma ainda mais acelerada. Eu nunca usei, então não sei se vale a pena.

Clique Aqui e experimente uma primeira aula grátis vocês mesmo.

 

Princípios do Método

1.  Recordação por intervalos graduados (Graduated interval recall)

Essa teoria é a base do método Pimsleur. O vocabulário aprendido é relembrado em intervalos cada vez mais espaçados. Os intervalos necessários foram cuidadosamente estudados pelo Dr. Pimsleur para conseguir atingir memória permanente.

2.  Princípio da Antecipação

A razão pela aprendizagem acelerada do método se deve a este princípio. O nosso cérebro tem a capacidade de ativamente processar a linguagem e antecipar uma resposta correta. No método Pimsleur, o aluno é sempre desafiado a responder primeiro e, após uma pausa, a resposta correta é apresentada. Isto aumenta a compreensão e conexões neurais no cérebro do aluno.

3.  Núcleo do Vocabulário (ou Vocabulário Principal)

O curso Pimsleur procurar se limitar a ensinar vocabulário usado mais frequentemente na língua aprendida. Cada aula ensina um pouco de vocabulário de cada vez de forma que o cérebro tenha a capacidade de internalizar as informações apresentadas. Assim, formando uma base na língua para que o aluno possa ir juntando as peças de forma fácil e natural.

4.  Aprendizagem Orgânica

Todas as informações a serem aprendidas sempre são dadas dentro de contextos de conversação, que costumam ser situações do dia-a-dia de alguém que está de visita num país estrangeiro, um país que fala o idioma que está sendo estudado. Isto facilita a aprendizagem e retenção, permitindo ao seu cérebro integar automaticamente – em outras palavras, “naturalizar” – as entonações e pronúncias requeridas pelo idioma em contextos específicos, e passam a ser naturais para o aluno.

 

Vantagens

  • Por ser um métodos totalmente em áudio existe a possibilidade de ser usado nas mais variadas localidades durante as mais variadas atividades. Convertendo os áudios para o formato MP3, ele pode ser colocado no PC, no MP3 Player, o Smart Phone, etc.. (Para estudar o Pimsleur Francês, eu aproveitei as minhas idas e voltas do meu trabalho para estudar. Antes, este tempo era considerado perdido).
  • Não existe necessidade de ficar se preocupando em decorar vocabulário, o método já se preocupa em ficar lembrando de tempos em tempos o vocabulário dado. Mesmo nas aulas mais avançadas, pode aparecer uma frase usando uma palavra dada nas primeiras aulas.
  • Não é dada quase que nenhuma explicação de gramática. A gramática é aprendida quase que intuitivamente na medida em que se exercita as mais variadas construções de frases.
  • As vozes das aulas pertencem a pessoas nativas do idioma alvo (exceto o do locutor), o que ajuda o estudante a desenvolver uma pronúncia muita próxima da dos nativos.
  • Existe curso para os mais variados idiomas, desde o mais popular até o mais exótico.

 

Desvantagens

  • A abordagem quase que exclusiva ao áudio pode ser encarado como uma limitação ao estudante interessado em  desenvolver habilidades de leitura e escrita. Tal estudante terá que recorrer de forma complementar as outras técnicas.
  • Com a excessão dos cursos de ESL (English as a Second Language – Inglês como Segunda Língua) todos os cursos são feitos para quem já fala inglês. O estudante deve ter uma compreensão auditiva no mínimo intermediária de inglês para conseguir acompanhar as lições (Para mim, isso é uma vantagem, pois me força a praticar a minha compreensão do inglês, e percebi também que estudar um idioma estrangeiro através de outro idiomas estrangeiro faz com que o meu cérebro consiga pensar no novo idioma mais rapidamente).
  • Produto é considerado caro (USD $119.95 por módulo, ou seja, USD $359.75 os 3 módulo juntos). Mas para quem é acostumado a pagar mensalidades de escolas de idiomas, pode verificar que o investimento é menor para um resultado muito mais eficaz e rápido.

Pimsleur

 

Minha Experiência com o Método Pimsleur

Eu usei o Pimsleur para aprender espanhol e depois francês.

No espanhol eu conseguia fazer facilmente duas aulas por dia, uma lição dirigindo para o trabalho e outra na volta. esta facilidade se deve ao fato de o espanhol ser muito próximo do português. Em dois meses eu consegui terminar os três módulos de espanhol.

No francês eu tive mais dificuldades, eu tinha que estudar cada lição duas ou três vezes até a me sentir confiante o bastante para passar para a próxima. Segue como funcionavam os meus ciclos de estudo para cada lição de francês:

  1. Pela manhã, dirigindo ao trabalho, eu estudava mais uma vez a lição que eu tinha começado a estudar no dia anterior.
  2. Dirigindo de volta do trabalho para casa, fazia pela primeira vez uma das lições.
  3. De noite, antes de dormir, eu fazia a mesma lição pela segunda vez.
  4. No dia seguinte, na ida de casa para o trabalho, fazia a mesma lição pela terceira vez.
  5. Aí, reiniciava o ciclo com a lição seguinte.

Para completar os 3 módulos do Pimsleur Francês levei 4 meses e meio.

Após terminar os 3 módulos eu fiquei com muita confiança de usar a língua, já possuindo o básico para conseguir me comunicar e ser entendido. Claro que não dava ainda para entrar em conversas mais profundas de vocabulário avançado; mas nesta altura já conseguia perceber que a metade do percurso já tinha sido andado, e que a fluência na língua não era mais tão distante e impossível como antes parecia. Já podia iniciar cursos mais avançados

 

Últimas Considerações

Dentro dos vários materiais existentes por aí no mercado, onde muitos entram e sai de moda, o Método Pimsleur é disparadamente o que mais se destaca e muitas vezes suas características são usadas como base para a criação de outros cursos.

Nas comunidades e fóruns de poliglotas há quem ama e quem odeia, mas não existe nenhum poliglota que nunca ouviu falar dele. Eu, particularmente, adoro e sempre vou continuar usando para qualquer língua que eu vá me aventurar a aprender.

Se você é alguém que pensa seriamente em começar uma língua com o pé direito, ter uma pronúncia muito próxima de um nativo e conseguir pensar na língua, não deixe de experimentar o Método Pimsleur.

Ainda na dúvida se este método é para você? Todos os cursos têm a primeira aula grátis. No seguinte link você encontra  as primeiras aulas dos principais idiomas: Pimsleur – Primeira Aula Grátis.

 

Onde Comprar?

Não é encontrado fácil em livrarias on-line nacionais. Você pode experimentar comprar no Mercado Livre. Segue o link para comprar o curso de inglês.

Curso Pimsleur Inglês I - Inglês Para Brasileiros - no MercadoLivre Curso Pimsleur Inglês I – Inglês Para Brasileiros – no MercadoLivre

Fora isso, a maneira mais fácil de comprar todos os cursos existentes é pela Amazon. Seguem os links.

Inglês para falantes de português (brasileiro)

 

Inglês para falantes de espanhol

 

Espanhol para falantes de inglês

 

Francês para falantes de inglês

 

Alemão para falantes de inglês

 

Italiano para falantes de inglês

 

Chinês (Mandarim) para falantes de inglês

 

73 Responses to Pimsleur – Ideal para Começar a Estudar um Idioma

  1. Elionard Teixeira Jales

    Estou curioso.

  2. Boa tarde.

    Muito boa a sua análise do Pimsleur. Eu gosto da abordagem dos podcasts da Radio Lingua, como Coffee Break French e Coffee Break Spanish. O áudio é gratuito. Pelo que escutei, lembra o método do Michael Thomas, onde um professor ensina o idioma para um estudante.

    Gostaria de saber o que você acha dos livros para iniciantes Teach Yourself.

    • Muito obrigado Thiago,
      Não conheço ainda o Radio Lingua, mas vou dar uma conferida. O Coffee Break Spanish eu já usei e gostei muito. O Michael Thomas já ouvi dizer que é muito bom, mas eu não me interessei quando descobri que é o próprio Michel Thomas que dá as aulas e eu prefiro usar um material gravado por nativos da língua. Eu tenho Teach Yourself French (versão antiga de capa amarela), uso de forma complementar aos meus estudos e gosto muito. Acho que é possível aprender a ler quase tudo com ele e ainda tem a vantagem de ser baratinho.
      Abs,
      Marcos Garcia

  3. Olá Marcos,
    Quando acesso o site pimslerdigital, encontro apenas o módulo I ESL do inglês para brasileiro lição 1-30, poderia me esclarecer, então não tem os 3 módulos juntos do inglês para brasileiros? Pois não encontrei essa versão, e se houver gostaria de adquirí-la, como faço para comprar a versão dos 3 módulos inglês para brasileiros?
    Obs: encontrei nas outras línguas, os 3 módulos juntos, mas não no inglês para brasileiro.

    • Olá Daniela,
      Infelizmente, é isso mesmo. Ainda existe somente o 1º módulo do inglês para brasileiros. É uma verdadeira pena!
      Se você tiver um nível intermediário de espanhol, daria para você usar os 2º e 3º módulos de inglês para falantes de espanhol.
      Abs,
      Marcos Garcia

    • Daniela
      Eu usei o modulo 1, em português, e gostei muito
      Entao comprei o modulo 2, em espanhol, o qual estou estudando no momento. Não chega ser um problema, pois consigo entender boa parte das palavras em espanhol. E para as palavra que não entendo utilizo o Google Tradutor. Um pouco mais difícil, mas o interesse em aprender inglês me motiva.
      Já havia feito varias tentativas, com outros métodos, mas este esta sendo o melhor.
      Paralelamente utilizo o Duolingo, também muito bom. Ele favorece mais a escrita.
      Enfim, pela primeira vez estou aprendendo inglês de forma consistente
      Tenho 65 anos.

  4. Agradeço sua atenção e resposta. Vou seguir o que você indicou, após fazer o módulo I do inglês, continuarei com o 2º e 3º módulo de inglês para falantes em espanhol, pois esse eu tenho um nível intermediário.
    Muito útil suas contribuições com todas essas informações passo a passo, gostei muito.

    Obrigada mais uma vez:)

    • Não tem de que Daniela. Fico muito satisfeito em saber que estou lhe ajudando.
      Aproveito para fazer mais um comentário:
      O Pimsleur é focado para ensinar habilidade oral e não dá para aprender muita escrita com ele. Então eu recomendo que você faça em paralelo o curso do Duolingo.com, é muito bom e o melhor de tudo e que é grátis. Em breve escreverei um artigo sobre ele.
      Abs,
      Marcos Garcia

  5. Boa tarde, Marcos
    Aonde eu encontro o material para aprender no método prisler ou curso com essa metodologia ?

  6. Boa tarde, como consigo comprar o curso com as 30 aulas do Pimsleur?
    Obrigado!

  7. Olá,

    Não achei o idioma Inglês.
    Eu não procurei direito ou não tem mesmo?
    Caso não tenha, tem previsão para disponibilizar?

    Obrigada!

  8. Marcos, tudo bem?
    Eu tenho um nível avançado em espanhol.
    Existe todos os módulos de inglês pra falantes de espanhol? Quais são os outros idiomas para falantes de espanhol?
    Você acha que realmente vale a pena?
    É incrível, quando assusto algum filme em espanhol ou falo com alguém em espanhol e logo depois vem algum brasileiro falar comigo, meu cérebro processa as respostas em espanhol, só depois me toco que não estou mais falando em espanhol e sim em português. Meu sonho era chegar nesse nível ao inglês!
    Aguardo sua resposta!

    • Olá João,
      Existem sim todos os 3 módulos do curso de inglês para falantes de espanhol. Seguem os links:
      ESL Spanish Phase 1
      ESL Spanish Phase 02
      ESL Spanish Phase 03
      Infelizmente, com o Pimsleur, só é possível aprender outros idiomas sabendo inglês antes. Mas isso é um problema que logo vocês já vai estar resolvendo 🙂
      Eu sou muito fã do Pimsleur e acho sim que vale a pena. Eu sempre recomendo para todos os meus amigos.
      Um curso que eu recomendo para ser usado em paralelo é o Duolingo, ele complementa o Pimsleur e é muito útil para praticar leitura e escrita.
      Abraço e boa sorte!

  9. Olá Marcos.
    Não consigo encontrar as lições 10,11 e 12 em áudio do livro de leitura do curso Pimsleur inglês para brasileiros.Pois ao todo são 21 lições.

    • Olá Haroldo,

      Tudo bom?

      De graça eu não sei onde você pode conseguir. Mas não se preocupe, o bom do Pimsleur são as 30 aulas de 30 min. Essa é parte que realmente interessa. Para mim, o melhor lugar para aprender a ler em inglês é o Duolingo. Lá você aprende gramática e chega obter um vocabulário de mais de 3000 palavras, tudo grátis.

      Espero ter ajudado.

      Abraço e bons estudos!

  10. Olá,

    Tenho apenas inglês nível intermediário superior. Tenho uma compreensão auditiva ótima para o inglês, porém, se eu desejar aprender alemão ou francês por este método Pimsleur, com a versão para falantes de inglês, você acha que eu apresentarei alguma dificuldade?

    Grato.

  11. Olá marcos por favor sou dixlexo será que funciona para mim ,e encontro o curso de graça na net obrigado.

    • Olá Almeida,

      Eu não sei dizer como, ou se, a dislexia afetaria o aprendizado com o método Pimsleur. Tente fazer uma primeira aula aqui e veja se funciona para você. O curso pode ser conseguido grátis sim, por meio de sites de pirataria.

      Abraço

  12. Caro Marcos,

    Você salvou a minha vida. Terminei hoje o nível básico do inglês e desenvolvi meu aprendizado rapidamente. Vou começar o intermediário. Eu já consigo ouvir áudio em inglês de forma organizada. Parece que a pessoa está falando em câmara lenta agora: consigo ouvir palavra por palavra, mesmo que eu não entenda o significado. Não é mais aquela coisa caótica, como antigamente em que o som era totalmente desordenado em que eu não conseguia captar nenhuma frase ou palavra.

  13. Caro Marcos,

    Você teve a mesma impressão quando terminou o curso básico dos idiomas que estudou? Ou seja, de que o áudio estava em câmara lenta e, por isso, conseguia escutá-lo de forma organizada? Consigo escutar palavras complicadas e até imitá-las, mesmo que não as compreenda. Foi assim com vc?

    Quero saber muito a sua impressão. Até no meu curso de inglês (estou no intermediário I) tá assim. O professor fala e eu capto o som das palavras perfeitamente (consigo até reproduzi-las). Antigamente, era como escutar em japonês ou russo, pois o som era totalmente caótico para mim. É incrível!

    Obs: Desculpe-me pelo último parágrafo do post anterior, pois escrevi depressa e ele acabou ficando muito confuso.

    • Oi Paulo,

      Não sei se para mim pareceu em camera lenta não, mas também consegui perceber grandes progressos. Quando estudei francês eu tinha uma mania, antes de começar um módulo, escutava primeiro o áudio número 30. Nessa hora eu não entendia nada, era totalmente incompreensível e parecia um nível muito difícil de alcançar. Após isso, eu voltava para o primeiro áudio e fazia um por dia. Aí, quando eu finalmente chegava no 30º áudio, era ótima a sensação ao ver que eu já consegui entender tudo que se passava sem dificuldade.

      Para mim esse é o grande barato do Pimsleur. Ele faz você pensar na língua rapidamente.

      Após os três módulos, ainda não conseguia entender muita coisas de filmes francêses, mas já consegui entender quase tudo do seriado Extr@, onde os diálogos são mais simples e pausados. Dê uma conferida, tem versão em inglês também.

      Abraço e bons estudos.

  14. Grande Marcos!
    Parabéns pelo site! Tá realmente incrível! Excelentes dicas! Lendo os comentários de vocês sobre formas de praticar com seriados (vendo-os pelo Netflix). Uma dica interessante (uso bastante), é usar proxys, tem uma excelente extensão para o google chrome chamada “Hola Better Internet Engine”. Pra quem usa netflix, basta escolher o país, que ele migra direto pra programação do netflix disponível para o país escolhido (PS.: nem todos os países têm netflix).
    Assim vc pode encontrar quase tudo dublado em francês, por exemplo!É uma ferramenta sensacional!

    Deixo o link da extensão pra quem quiser adicioná-la!É GRÁTIS

    https://chrome.google.com/webstore/detail/hola-better-internet-engi/epbfmioobedknooiakdehepogalbgkng?hl=es

    • Olá Thiago,

      Muito obrigado pelo elogio. Eu não tenho escrito muito ultimamente, mas pode esperar que ainda vai vir muita coisa nova por aí.

      Não sabia que dava para fazer essa jogada no Netflix. Achei interessantíssimo, tenho certeza que vai ser algo que eu vou usar muito. Agora sou eu que tenho que agradecer pela preciosa dica. Um grande obrigado!

      Abraço

  15. que tipo de espanhol é esse, latino ou europeu… provavelmente europeu

  16. Olá Marcos, parabéns pelo texto.
    Gostaria de saber que com o que você aprendeu do curso em 4 meses de francês, já era possível para entender músicas e assistir filmes no idioma.
    Porque não entendi bem quando você expôs que não se sentia seguro para se aprofundar no assunto.

    Desde já lhe agradeço meu acaro.

    Forte abraço!

    • Olá Tom,

      Quando eu terminei os três módulos de Pimsleur francês percebi que ele me ajudou muito. Quando eu assistia filmes eu entendia uma frase ou outra, mas eu conseguia entender com muita facilidade o seriado Extr@ que tem uma linguagem mais simplificada. Quanto a músicas, eu só conseguia entender quando acompanhava lendo a letra. Para fazer essas coisas com facilidade é preciso bastante fluência, infelizmente o Pimsleur não vai tão longe, mas ele nos deixa no meio do caminho.

      Abraço

  17. Mais uma dúvida Marcos:
    O curso de inglês é apenas um módulo de 30 lições, é isso mesmo?

    • É isso mesmo. Infelizmente só foi feito o primeiro módulo de 30 aulas do Pimsleur Inglês para brasileiros. Eu tenho recomendado para as pessoas que tem espanhol intermediário usar o os módulos 2 e 3 do Pimsleur Inglês para falantes de Espanhol.

  18. Tenho o Gold edition em Alemão. Quero vender. Alguém se interessa?

  19. Olá Marcos, como vai?

    parabenizo o diálogo franco que tece com seus interlocutores por meio desse espaço, divulgando essa possibilidade de aprendizado.

    Gostaria de saber sobre o método de frances para brasileiros? existe? é bom? quais recomendações possui?
    Pretendo iniciar por Pimsleur para me aprofundar posteriormente.

    Desde já agradeço!
    Sérgio

    • Olá Sergio,

      Muito obrigado pelos parabéns!

      Infelizmente, o foco do Pimsleur é no público que fala inglês, ou que quer aprender inglês como um segundo idioma. Ou seja, não tem curso Pimsleur Francês para Brasileiros. Caso você tenha um inglês intermediário/avançado, não terá dificuldade em usar o Pimsleur French.

      Abraço e bons estudos!

  20. Oi Marcos,

    no site do Pimsleur que você indicou há 5 phases. Você disse que fez os 3 primeiros. Acha-se para baixar (torrent por exemplo) três módulos e um módulo 4 chamado plus com apenas 10 lições. Quando escutei este de 3 módulos mais o plus, aparentemente é um áudio mais antigo, talvez década de 70 a 90. O demonstrativo do site parece o mesmo conteúdo mas com uma voz mais atual.

    Você sabe se os phases 4 e 5 do site são continuação deste antigo? Fiquei confuso com as opções…

    • Olá Ricardo,

      Hoje em dia vendem uma versão regravada ou remasterizada, mas o conteúdo não deve ter mudado muito. As fases 4 e 5 com certeza são continuações. Eu nunca usei, surgiram recentemente, então não posso dar muita opinião sobre elas, mas acredito que devem ser tão bons quantos as fases anteriores. O “plus”, que era muito fraco foi substituído pela fase 4.

      Se puder comprar, vai fundo que vale a pena.

      Abraço e bons estudos!

  21. Bom dia!
    Tenho uma dúvida no Pimsleur. Ao terminar algumas lições, o locutor diz “ao iniciar amanhã, inicie na faixa 2, isso quando eu ja estava na lição 6 – 9 por ai… É para eu literalmente voltar para a lição 2 quando ele falar isso?
    Outra coisa: Ao término do curso de ingles para brasileiros, serei capaz de iniciar outro curso, como por exemplo italiano? É que tenho ingles entre o basico e o intermediário, e, infelizmente, o pimsleur para brazilian speakers só tem 1 nível (30 lições).
    Parabéns pelo trabalho!

    • Olá José,

      Na verdade isso é uma orientação para as pessoas que estão ouvindo o curso pelo CD. Cada CD cabem somente duas aulas, aí após ouvir a primeira faixa do CD, o narrador orienta para ouvir a segunda faixa no dia seguinte. Não é necessário ficar voltando para a 2ª aula.

      Se você souber espanhol, você poderia fazer os módulos 2 e 3 do Pimsleur Inglês/Espanhol. Para aprender outras línguas, acredito que inglês intermediário é suficiente.

      Abraço!

  22. Boa noite Marcos!
    Antes de tudo parabéns pela disposição em atuar nesse espaço muito interessante sobre idiomas.
    Esse método é semelhante ao método muito usado na europa chamado: ASSIMIL?
    Abraços!

  23. Marcos,

    Após o término dos três níveis do Pimsleur, vc recomenda qual curso para o aprofundamento do meu aprendizado da língua inglesa?

    • Olá Paulo,

      Seguem algumas sugestões:
      Duolingo para praticar a leitura e escrita (é grátis).
      – Assista ao seriado Extr@, que tem um inglês bem fácil de compreender.
      – O livro “Assimil – O Novo Inglês sem Custo”.
      – Visite o site Italki para encontrar pessoas para praticar.

      Espero ter ajudado. Abraço

      • Marcos,

        Muito obrigado pela ajuda. O Italki é pago? Se for, vale a pena o investimento?

        Abrs,
        Paulo Sérgio

        • Olá Paulo,

          O Italki é uma rede social onde você pode encontrar pessoas que querem fazer intercâmbio, ou seja, você pode encontrar um americano querendo aprender português, aí vocês conversam 30 min em português e 30 em inglês. Tem também pessoas que cobram pelas aulas, desde professores iniciantes (mais baratos) até professores profissionais experientes (mais caros). Você pode dar aula de português para ajudar a pagar suas aulas de inglês.

          Abraço

      • Marcos,

        Muito obrigado pela ajuda. O Italki é pago? Se for, vale a pena o investimento?

        • Olá Paulo,

          Conforme falei no comentário anterior. Você pode fazer um intercâmbio de línguas com alguém, que é grátis, ou pagar pelas aulas, onde os preços variam. Ou ainda, pode dar aulas de português e ganhar dinheiro. O pagamento é por aula. Você pode fazer umas aulas teste, com preço mais barato para ver se vale o investimento.

          Abraço

  24. Marcos,

    Você ajudou bastante. Muito obrigado pelas dicas.

  25. Paulo Souza Ferreira

    Marcos,

    Muito obrigado mais uma vez pela ajuda. O Italki é pago? Se for, vale a pena o investimento? Não tou conseguindo escrever para o seu blog, por isso, mudei o nome.

    Abrs,
    Paulo Sérgio

  26. Estou explorando o seu blog. Claro que estou gostando. Deparei com http://www.identi.li/index.php?topic=181313
    é confiável e vale a pena? É realmente de graça? Pergunto porque sou fraco em informática.

  27. Fantástico aprendi muita coisa graças a ele é maravilhoso didático e aprende rápido.

  28. Olá Marcos!

    Estou tentando aprender inglês e gostei do método Pimsleur, não falo espanhol mas gostei da dica de compra inglês para espanhol, gostaria de saber se tenho que comprar os áudios mais as lições ou PDf, ou não é necessário pois os áudios já são o suficiente?

  29. Marcos,

    Baixei o Pimsleur e vou utilizá-lo ao mesmo tempo que o método Assimil. Depois volto aqui para comentar sobre os resultados.
    Você conhece o Rosetta Stone? Já utilizou? Recomenda?
    Grande abraço!

  30. Perfeito!
    Agora sim consegui entener mais um pouco o idioma Inglês!

  31. Ehrlick Dos Santos oliveira

    Olá Marcos!
    gostaria de saber como faço para baixar pimsleur intermediário?

  32. Oi Marcos, boa tarde!
    Estou em um momento muito difícil da vida, pois tenho 37 anos, não falo inglês e não estou conseguindo voltar ao mercado de trabalho por conta dessa deficiência. Sei que preciso estudar, entretanto nao tenho como investir um valor alto. Ao falar com uma amiga ela me indicou o Pimsleur, entretanto estou com dúvidas se este método ou o EnglishLive pode ser mais eficiente. Ou até um professor particular que poderia pagar uma vez por semana. Pode me orientar? Obrigada!

    • Olá Patrícia,

      Recomendo o Pimsleur fortemente, eu uso e gosto muito. Nada impede estudar em paralelo de outras formas.

      Quanto a EnglishLive, achei o preço razoável para o que eles propõem fazer. Como nunca usei, não sei se a qualidade é boa. Se for usar, tenha certeza que vai usar por pelo menos 1 ano, pois a quebra de contrato é de 30%.

      Para professores particulares, eu prefiro o iTalki. Dê uma olhada, existem muitas opções de professores e preços. Você pode ir testando vários, até encontrar um que mais agrada.

      Aproveito para recomendar um site gratuito de línguas estrangeiras: Duolingo. É muito bom.

      Espero ter ajudado

  33. Eu melhorei muito meu Francês de casa, professores via skype, é um curso pela internet. Pra quem estiver interessado: https://preply.com/pt/skype/professores–franc%C3%AAs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*